Como a Renner contribui para a redução do aquecimento global

03/09/20|BEM-ESTAR

Um dos compromissos públicos da Renner para o próximo ano é reduzir em 20% as emissões absolutas de gás carbônico em comparação com o ano de 2017 e, além disso, alcançar 75% do consumo corporativo de energia originária de fontes renováveis. A gente investe em muitos projetos para chegar a esses objetivos e contribuir com a redução do aquecimento global.

Por exemplo, buscamos sempre a eficiência energética nas lojas e em nossa sede administrativa; ampliamos o uso de energia de fontes renováveis em nossa operação e promovemos ações para gestão, eficiência e melhorias na operação logística. Em 2019, a energia renovável de baixo impacto adquirida pela Renner representou 44,3% de toda a energia consumida. A transparência no monitoramento do nosso impacto e na sua compensação também é um preceito da Renner.

Há quatro anos, somos um negócio carbono neutro, e compensamos anualmente 100% das nossas emissões de gases de efeito estufa apuradas no inventário do ano anterior. Mas começamos a construir essa jornada há bem mais tempo. Já faz nove anos que a Renner se enquadra nos parâmetros do Índice Carbono Eficiente da B3, que reúne as empresas que adotaram práticas transparentes com relação a suas emissões de gases de efeito estufa. Desde 2014, passamos a realizar verificação da terceira parte do nosso inventário de emissões e também respondemos voluntariamente ao questionário do Carbon Disclosure Project (CDP).

A Renner também possui ações voltadas a reduzir o impacto das emissões atmosféricas da frota logística terceirizada, como um projeto-piloto de telemetria em fornecedores de logística. Esse projeto acompanhou, no ano passado, o comportamento de 30 veículos das frotas de oito fornecedores. O objetivo foi identificar os principais comportamentos ofensores que possam causar perdas de eficiência e riscos à segurança.

Com esse monitoramento, promovemos cinco turmas para a capacitação de 90 motoristas sobre “direção ecológica”, compartilhando boas práticas para o aumento da eficiência no consumo de combustíveis com uma mudança de comportamento na direção. Ao todo, no ano, reduzimos o consumo de combustíveis da frota em 5,28%, o que nos permitiu reduzir em 10,8% as emissões associadas ao transporte de produtos.

Ao mesmo tempo, participamos do Programa de Logística Verde Brasil, que capacita agentes logísticos para o aprimoramento de sua eficiência, visando reduzir a intensidade das emissões de poluentes atmosféricos e gases de efeito estufa. Ao longo do último ano, promovemos ações de conscientização e capacitação aos nossos fornecedores de logística, focadas na renovação periódica de frotas, direção econômica, manutenção preventiva e melhoria dos indicadores de consumo de combustível.

A todo o momento, avançamos em nossa contribuição com os compromissos coletivos para uma economia de baixo carbono. No ano passado, nos tornamos apoiadores institucionais do Programa Compromisso com o Clima e assinamos uma carta aberta em defesa da precificação de carbono do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável. Também nos comprometemos com a campanha Business Ambition for 1.5º C, que busca limitar o aumento das temperaturas globais, e aderimos ao Fashion Industry Charter for Climate Action, compromisso criado pela Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima.

São muitas ações e todas elas estão detalhadas em nossos relatórios anuais de sustentabilidade, que você pode acessar clicando aqui!

CADASTRE-SE E RECEBA NOVIDADES EXCLUSIVAS POR E-MAIL