#MãeVidaReal: aprendizados da maternidade para não insistir na perfeição

20/04/21|BEM-ESTAR

Você deve estar se perguntando: afinal, o que é uma "mãe vida real"? Bom, se não conhece o conceito, certamente convive com muitas delas. Porque #MãeVidaReal é aquela que muitas vezes não vemos representadas em filmes, seriados ou nas redes sociais. Que lida com seus filhos na realidade – e não na ficção ou nos cliques bem selecionados das redes sociais. Já tinha pensando em como rola uma pressão por perfeição na maternidade?

Segue essa lista: quando uma mãe tem liberdade para ser ela mesma, para se curtir, para buscar seus próprios sonhos, para curtir um pouco a sua própria companhia e para vivenciar sentimentos pra lá de humanos – como frustração, tristeza e cansaço (que em outros momentos pareciam não permitidos para quem precisa cuidar de outras vidas).

A nossa #MãeVidaReal não tem vergonha de compartilhar com o mundo como é a verdadeira maternidade: com suas belezas, mas também com seus momentos difíceis. Em um ano que muitas mães ficaram em casa com seus pequenos, muitas delas tendo que conciliar maternidade com trabalhos, nós queremos, neste dia das mães, celebrar a vida como é de verdade.

Até porque… está todo mundo cansado daquela perfeição digna de filmes dos anos 50, certo? Então, é hora de ser REAL! E ninguém melhor para mostrar isso que as mulheres que são mães. Ouvi-las sobre os aprendizados da maternidade já é uma maneira de homenageá-las, criando espaço para que o verdadeiro rosto da maternidade se mostre. Sem deixar, claro, de abrir espaço para alguns bebês fofos!

Confira os aprendizados da maternidade real que aprendemos nos últimos tempos:

1 // Nem sempre é fácil:

não dá para falar de realidade e romantizar a maternidade. A #MãeVidaReal quer compartilhar suas alegrias, mas não mascarar suas dificuldades - e sem receber julgamentos, certo?

2 // Colo de mãe é para vida a toda:

não importa quantos anos tenham seus filhos, #MãeVidaReal está sempre ali para ouvir. Elas sabem que muitas vezes isso é tudo que você precisa, mas às vezes os papéis vão se inverter (e é o filho ou a filha que vai dar colo).

3 // Priorizar momentos sozinha é super importante:

a #MãeVidaReal sabe que, para curtir sua família com muito amor, é importante que ela também tenha momentos na sua própria companhia. É sobre ser mãe, mas, antes de tudo, ser mulher.

4 // A importância da rede de apoio:

receber ajuda não significa ser menos forte ou independente. A #MãeVidaReal tem consciência da importância que uma rede de apoio representa para que ela se desenvolva como mãe e como mulher.

5 // Ser mãe é ganhar um melhor amigo ou amiga para toda vida:

sim, falamos sobre nem tudo ser rosas, mas também queremos enaltecer a parte boa! A #MãeVidaReal celebra as conquistas, sorri com as peripécias e se alegra com a ideia de ganhar uma companhia para sempre.

E você, o que já aprendeu com uma #MãeVidaReal?

CADASTRE-SE E RECEBA NOVIDADES EXCLUSIVAS POR E-MAIL