Tie-Dye, a trend supercolorida voltou com tudo no outono 2021. Veja como usar!

| MODA

Viajamos rapidamente aos anos 1960 e 1970 para contar um pouquinho da história do tie-dye (amarrar e tingir, em tradução literal). Foi neste período que o movimento hippie nasceu, fruto de um conturbado momento social e cultural. Os jovens, fãs de métodos artesanais e dedicados a se expressarem cultural e politicamente por meio de suas roupas, deram vida à uma série de emblemas e contribuições para a moda, tais como as pantalonas, estampas florais e franjas. O tie-dye nasceu aí! Cores misturadas, combinadas de formas despretensiosas, tingiam camisetas, calças, casacos, bolsas e até calçados, vejam só! Essa explosão de cores ganhou ares psicodélicos à época!

Chegando em 2020, a trend hipercolorida faz um retorno triunfal. É que por conta da pandemia e do isolamento social, trabalhos manuais foram companheiros de muitas tardes em casa. Mas, para além disso, a técnica apareceu também nas araras das lojas como representação de um movimento, de um contexto que valoriza o feito à mão e no nosso lar.

Agora, a tendência pousa diretamente no outono/inverno 2021. E, quer uma dica? Combine-a com peças mais minimalistas, como t-shirt branca, jeans liso, para que as cores reinem absolutas no visual! E, se quiser aprender a tingir suas peças, a Renner te ensina! Clique aqui e aprenda! ;)

Aqui, em novos olhares, a tendência aparece junto a desenhos e frases:

COMPRE O LOOK

Os acessórios também foram coloridos, veja que lindos:

COMPRE O LOOK

E roupas para o dia a dia em versões para todos os estilos.

COMPRE O LOOK